2.9.13

Geográfica

Há lugares feitos para doer
para que o mal tenha chão
morada e um código postal
Há ruas onde não durmo
ruínas que foram casa
paredes que já não são
E o amor se ainda houver
há-de encolher-se também
e sofrer por onde caiba

5 comentários:

  1. acontece que às vezes escreves pedaços de mim...e isso é tão estranho como bonito

    ResponderEliminar
  2. Tanta verdade dita em forma de poesia. Assim é a realidade que escrita de forma fria é incómoda e triste, mas se lhe dermos um tom poético, não deixando de ser realidade, fica mais quente e doce.

    ResponderEliminar

  3. [Lugares que nos habitam

    fazem ou desfazem o que nos haverá de acontecer...]

    Um abraço, Nuno

    Lb

    ResponderEliminar

 
Add to Technorati Favorites Free counter and web stats